Atendimento (54) 3225-1266 (54) 99994-0088 (54) 99994-0088 (WhatsApp) Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 9 às 19:30h, Sábados das 10 às 17h

Seja bem-vindo(a), Faça login

Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense Cabernet Franc 1951 - Vinho Antigo
  • Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense Cabernet Franc 1951 - Vinho Antigo
  • Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense Cabernet Franc 1951 - Vinho Antigo

Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense Cabernet Franc 1951 - Vinho Antigo

Sku: 3380

NCM: 2204.21.00

Categoria: Vinhos TintosVinícolasSerra Gaúcha - RSAltos Montes - RSRegiõesCabernet FrancUvas TintasTipos de UvaCuponsVinhosSociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense

Marca: Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense

Quantidade Disponivel: 486 un

Unidade: un
un

Por R$ 540,00

R$ 523,80 no boleto ou depósito

R$ 60,12 em até 10x

Ver parcelas
1xdeR$ 540,00 Sem juros Total: R$ 540,00
2xdeR$ 270,00 Sem juros Total: R$ 540,00
3xdeR$ 180,00 Sem juros Total: R$ 540,00
4xdeR$ 141,82 Juros a.m. Total: R$ 567,27
5xdeR$ 114,57 Juros a.m. Total: R$ 572,83
6xdeR$ 96,40 Juros a.m. Total: R$ 578,42
7xdeR$ 83,44 Juros a.m. Total: R$ 584,06
8xdeR$ 73,72 Juros a.m. Total: R$ 589,72
9xdeR$ 66,16 Juros a.m. Total: R$ 595,43
10xdeR$ 60,12 Juros a.m. Total: R$ 601,16
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

INFORMAÇÕES DETALHADAS DOS VINHOS ANTIGOS

Este deve ser um dos vinhos “vivos” mais antigos produzidos no Brasil!

Elaborado pela antiga Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense, varietal de Cabernet Franc.

Os primeiros vinhos antigos foram encontrados enterrados há mais ou menos 25 anos e então foram transportados para uma cave e guardados com muito carinho por todos esses anos. A única informação que se tinha deles era a data em uma placa de madeira indicando a safra de 1951.

Somente no ano de 2018, em uma reunião de colegas da enologia, foi aberta uma garrafa para analisar as condições do vinho. Para a surpresa de todos, ele tinha uma cor atijolada, que reflete seus 70 anos e um brilho encantador. Apresenta algumas notas de evolução no início, mas logo dão lugar às incríveis notas de frutas maduras e outros aromas outros aromas para serem identificados embarcando nessa viagem histórica e deixando-se levar pela emoção de imaginar os imigrantes dessa terra elaborando o primeiro vinho de guarda nacional.

Com o início da divulgação e comercialização apareceram garrafas de cor âmbar. Confrontando com outras garrafas rotuladas que da vinícola, e fazendo a análise sensorial, foi constatado que se tratava de uma outra safra: 1955.

Poderá provar produtos nacionais com aproximadamente 70 anos e comprovará que o Brasil tem potencial para elaboração de vinhos de guarda, sim! Uma experiência incrível! Provar as duas safras juntas é uma viagem de volta ao tempo, onde as características são semelhantes, porém com notas de evolução bem diferenciadas.

Vários aspectos importantes devem ser considerados para tornar a experiência ainda mais interessante:

- É importante saber que este vinho não pode ser comparado com vinhos atuais. Se essa for sua primeira experiência com vinhos antigos, deixe os preconceitos de lado e se abra à oportunidade de provar um vinho brasileiro com 70 anos.

- Cada garrafa é única e evolui de forma diferente, isso faz toda e qualquer experiência valer a pena.

- A viagem pode ter agitado ele um pouco, espere uns 7 dias até abrir para ele estabilizar.

- Lave bem a garrafa para encontrar a cápsula de estanho. Ele é enviado na forma original que foi encontrado, por isso resíduos de terra fazem parte do seu charme e história;

- A rolha já está bem danificada e será necessário muito cuidado ao retirá-la, não force demais, pois ela facilmente entrará na garrafa. O ideal é usar uma Tenaz do Porto para abrir a garrafa. Encontra uma com um preço super especial logo abaixo deste texto.

- Use um decanter e uma fonte de luz para separar os resíduos, faça lentamente deixando o líquido escorrer pelas paredes do utensílio. Não é um vinho que tem necessidade de aeração, então evite agitar demais ou usar equipamentos para tais fins.

 

Sommelier GranVin

 

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

 Produtor Sociedade Cooperativa Vinícola Rio-grandense
 Sede  do  Produtor Caxias do Sul - RS
 Região  de  Origem Altos Montes - Serra Gaúcha - RS
 Safra 1951
 Tipo Vinho Fino Tinto Seco
 Uva(s) Cabernet Franc
 Envelhecimento 70 anos, sendo boa parte disso enterrados e o restante do tempo em cave especial.
 Volume 750 ml
 Visual Linda coloração atijolada que reflete seus 70 anos e um brilho encantador.
 Olfato Apresenta algumas notas de evolução no início, mas logo dão lugar às incríveis notas de frutas maduras e outros aromas deixados para serem identificados pelos que provarem.
 Paladar Na boca, está vivo, com os sabores de frutas maduras e demais características de vinhos muito antigos que também não são revelados na intensão de deixar que sejam identificados na prova.
 Temperatura  Ideal 16 a 18ºC
 Harmonização Aconselha-se degustar somente o vinho, sem harmonização.

 

Informações Importantes

Este vinho apresenta precipitação de cristais devido a sua estabilização natural. Para uma melhor apreciação, pode-se utilizar um decanter para facilitar a separação dos resíduos, mas sem aguardar muito tempo. Recomenda-se ir provando e degustando para acompanhar a evolução.

Os pedidos serão enviados em até dois dias úteis após a confirmação de pagamento.

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!